13 de agosto de 2020
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

CORONAVÍRUS FEIRA DE SANTANA - 08/05/2020

Empresa de ônibus Rosa vai suspender contrato com a prefeitura de Feira

Empresa de ônibus Rosa vai suspender contrato com a prefeitura de Feira

A empresa de ônibus Rosa, que presta serviço de transporte público à prefeitura de Feira de Santana, afirmou nesta sexta-feira (8) que não terá mais condições econômicas de continuar oferecendo o serviço.  

Em nota, a empresa afirma passar por uma crise financeira que ficou insustentável durante a pandemia do novo coronavírus. Os responsáveis vão informar a decisão nesta sexta à gestão do município. (veja nota da empresa abaixo)

Passageiros que utilizavam o transporte na zona rural de Feira já haviam impedido a saída dos ônibus da garagem da Rosa. Eles protestavam contra a retirada de ônibus nas linhas distritais e a substituição dos veículos por vans. 

A Empresa de Ônibus Rosa Ltda. vem à público comunicar à população de Feira de Santana que, em virtude da grande queda de receita iniciada a partir do último mês de março em decorrência do estado de calamidade pública após a pandemia do Covid-19, do afloramento do clima político local que interfere rotineiramente a operação de transporte público urbano, das sucessivas tentativas de alertar a Prefeitura Municipal de Feira de Santana sobre o grave quadro financeiro e desequilíbrio econômico do sistema de transporte público coletivo e do descumprimento do edital desde o início das operações, além da falta de apoio dos órgãos e instituições estaduais e municipais, NÃO TEM MAIS CONDIÇÕES ECONÔMICAS E FINANCEIRAS PARA CONTINUAR A EXECUÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO NA CIDADE E TOMARÁ AS MEDIDAS PARA RESCINDIR O CONTRATO DE CONCESSÃO.A Prefeitura será informada oficialmente ainda nesta manhã sobre a situação, bem como para tomar as medidas que entender pertinente para a continuidade do serviço”, informou. Informações por B News

Enquete

Você acredita que teremos uma vacina contra o Coronavírus (COVID-19) neste ano de 2020?

*Enquete encerrada.
  • 16%
  • 30%
  • 55%
  • 0%