DTE prende suspeitos de tráfico e adulteração de veículos - Feira de Santana | Valter Vieira - Informação de qualidade
24 de agosto de 2017
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 11/08/2017

DTE prende suspeitos de tráfico e adulteração de veículos

DTE prende suspeitos de tráfico e adulteração de veículos
Investigadores da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), sob o comando da delegada Klaudine Passos foram verificar uma denúncia anônima de tráfico de drogas na rua Antonio Fernandes, bairro Campo Limpo, em Feira de Santana, resultando na prisão de três homens e apreensão de drogas, armas, veículos e objetos suspeitos.

Segundo a polícia, após montar uma campana, a equipe da DTE abordou Leonardo de Oliveira Santos, quando ele se encontrava na residência indicada na denúncia. O homem foi flagrado na companhia de João Bacelar da Paixão Júnior e Elismário da Paixão Alberto, montando um veículo supostamente roubado, utilizando a numeração de outro modelo.

No local também foram encontrados dois discos de cocaína, 8 pinos de tamanhos variados para acondicionar droga, um revólver Taurus de calibre 38, cartuchos do mesmo calibre, dois maçaricos e 15 varas de solda, 8 cartelas do medicamento Citotec, um veículo Fiat Uno, com placa NVH-5064, um Gol cinza de placa JQY-7325 e outro Gol branco com placa PGD-9828, e várias peças e acessórios de veículos.

A polícia informou que Leonardo confessou que estava cortando o Fiat Uno para adulteração de sinais. Disse ainda, segundo a polícia, que comercializava drogas há dois meses e que o medicamento Citotec foi adquirido em Salvador e repassava para outra cidade. Ele contou também que a arma era para defesa pessoal. Os suspeitos declararam que não pertencem a nenhuma organização relacionada ao tráfico de drogas.

Os três homens foram conduzidos para a DTE/Draco, no Complexo Policial Investigador Bandeira, no bairro Jomafa.

Blog Central de Polícia, com informações e foto da DTE.

Enquete

Lula será preso ou presidente?

*Enquete encerrada.
  • 17%
  • 38%
  • 44%