Motorista não obedeceu a sinalização, diz integrante da banda de Eliza Clívia - Famosos | Valter Vieira - Informação de qualidade
18 de outubro de 2017
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FAMOSOS - 19/06/2017

Motorista não obedeceu a sinalização, diz integrante da banda de Eliza Clívia

Motorista não obedeceu a sinalização, diz integrante da banda de Eliza Clívia

O motorista do veículo em que estava a cantora paraibana Eliza Clívia, 37 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, não obedeceu a sinalização de pare e por isso teria se chocado contra o ônibus. A revelação foi feita pelo sanfoneiro Paulo Texeira de Carvalho, que também foi vítima do acidente, e teve alta neste domingo do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

“Fomos até uma emissora de TV dar uma entrevista e na saída não deu cinco minutos, passamos por um quebra-molas e saímos bem devagarinho e logo em seguida o ônibus bateu. Ele [o motorista] não parou. Tinha placa de pare. Estávamos sendo guiados pelo GPS”, disse ao G1 Sergipe após ter alta em Aracaju.

Elizia, que iniciou a carreira solo, há quatro meses, estava na cidade para divulgar um show, que seria realizado no dia em que ela morreu. O marido da cantora, o baterista Sérgio Ramos, também morreu no acidente. 

Além do casal, três pessoas da equipe também estavam no veículo no momento do acidente. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Huse. Duas ainda permanecem internadas: o motorista que conduzia o veículo, Cleberton José dos Santos, 35 anos, e o empresário de Eliza, João Paulo Tavares da Silva, 32 anos.

De acordo com o Hospital de Urgência de Sergipe, Cleberton continua internado em estado grave na área vermelha, e respira com a ajuda de aparelhos. Já João Paulo está na Ala Verde em estado estável de saúde, mas sem previsão de alta.

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%